7 experiências imperdíveis para amantes de arte em Miami

Muito além de praias e compras, Miami é também um paraíso para os amantes da arte, com museus com obras de artistas renomados, outros dedicados à novos formatos trazidos pela tecnologia, arte de rua em centros urbanos e até a aclamada feira internacional Art Basel Miami Beach. Confira sete maneiras de sentir o lado artístico da “Cidade Mágica”:

1. Participar da Art Basel, em Miami Beach

Quando chega dezembro, toda a cidade de Miami volta sua atenção para a Art Basel Miami Beach. Realizada no repaginado Centro de Convenções Miami Beach, o evento reúne as principais galerias da América do Norte, América Latina, Europa, Ásia e África, abrangendo estilos da arte moderna e contemporânea, em formato de pinturas, esculturas, instalações, fotografias, filmes e mais. Mas não para por aí. Indiscutivelmente um dos principais eventos anuais da cidade, a semana centrada na arte cresceu e se tornou um festival de exposições, festas, eventos em restaurantes, leilões e desfiles de moda que atraem atenção de A-Listers do mundo todo.

Serviço: de 5 a 8 de dezembro. Ingressos a partir de US$65.

2. Visitar o Pérez Art Museum Miami (PAMM)

Imagem relacionada

Localizado no Museum Park, no centro, o Pérez Art Museum Miami (PAMM) é um museu de arte moderna e contemporânea dedicado a exibir arte internacional dos séculos XX e XXI. Lá estão trabalhos de artistas americanos como John Baldesserri, mas seu acervo é notável principalmente por obras de artistas estrangeiros, como de Diego Rivera, Olafur Eliasson e Joaquín Torres Garcia. Localizado no Museum Park, visitantes ainda podem desfrutar de um jantar à beira-mar no restaurante Verde; comprar livros de arte exclusivos, móveis e itens artesanais na loja de presentes do museu; apreciar as vistas espetaculares da Baía de Biscayne e apreciar os elaborados jardins suspensos.

Serviço: Aberto todos os dias exceto às quartas-feiras. Aberto de quinta a terça-feira. Ingressos custam U$16; estudantes e idosos pagam U$12.

3. Tirar fotos descoladas em Wynwood

O bairro colorido e artístico de Wynwood tornou-se um refúgio para aspirantes a pintores, grafiteiros, criativos e jovens inovadores em Miami. A poucos minutos do centro, perto de Midtown e do Miami Design District, este bairro próspero gira em torno das cores dos Wynwood Walls: uma coleção de muros gigantes, criados a partir de antigos galpões sem janelas e transformados em enormes telas para artistas famosos de todo o mundo mostrarem seu talento. O melhor dia para visitar é no segundo sábado de cada mês, durante o Wynwood Art Walk. Este evento transforma todo o Wynwood Arts District em uma festa de rua, com festival de artes, food trucks, música ao vivo e galerias de arte abertas até tarde.

4. Ter uma imersão cultural no The Wolfsonian

Resultado de imagem para The Wolfsonian miami

Localizado no coração do distrito Art Deco de South Beach, o The Wolfsonian possui um museu, biblioteca e centro de pesquisa que analisa o poder da arte e como ela afeta o mundo moderno hoje. Lar de 120 mil itens em exibição, todos datados de 1885 a 1945, este complexo possui uma impressionante coleção de artes decorativas, americanas e europeias, além de exposições fascinantes que abrangem desde pôsteres de propaganda a elementos de design moderno.

Serviço: Aberto todos os dias exceto às quartas-feiras.; Ingressos custam Us$12; condições especiais para idosos, estudantes e crianças.

5. Vivenciar o futuro na ARTECHOUSE

Imagem relacionada

Procurando por um Inovador espaço de arte digital dedicado a artistas e público do século XXI? ARTECHOUSE é uma galeria digital americana e a primeira do tipo dedicada a mostrar e produzir obras experimentais e tecnológicas de artistas precursores da nova era nas artes e na tecnologia. Sua missão é inspirar, educar e capacitar a criação de novas formas de arte experimentais. Com obras interativas e imersivas, as exposições do museu conectam a ciência às artes e estimula o interesse pelas possibilidades ilimitadas que a tecnologia e a criatividade oferecem.

Serviço: Aberto diariamente; Ingressos custam US$24, condições especiais para idosos e crianças.

6. Voltar no tempo no The Bass

Imagem relacionada

Em Miami Beach e fundado em 1963, o Bass Museum of Art abriga obras renascentistas e barrocas pertencentes aos colecionadores de arte John e Johanna Bass, além do Lindemann Family Creativity Center, uma ala especial do local que hospeda o IDEA@thebass, projeto com programação especial de aulas de arte e oficinas.

Serviço: Aberto de quarta a domingo; Ingressos a partir de US$15; condições especiais para idosos e crianças.

7. Se perder pelos jardins do Vizcaya Gardens

Em Coconut Grove, ao sul do centro de Miami, a villa em estilo renascentista italiano Vizcaya Museums & Gardens é uma residência de conto de fadas que abre suas portas a todos turistas plebeus. Construída para o industrial James Deering em 1916, a mansão está repleta de móveis, tapeçarias, pinturas e artes decorativas dos séculos XV ao XIX. Os poéticos jardins à beira-mar (incluindo um jardim secreto), em frente à Baía de Biscayne, estão repletos de belas fontes, esculturas, piscinas elegantes, um encantador mirante, canais correndo por toda parte e muitas trilhas. Quase 200 mil pessoas visitam Vizcaya a cada ano, incluindo figuras públicas mundiais como o presidente Reagan, o papa João Paulo II, a rainha Elizabeth da Inglaterra e o rei Juan Carlos I e a rainha Sofia da Espanha.

Serviço: Aberto todos os dias exceto às terças-feiras, das 9h30 às 16h30. Ingressos custam US$22, com condições especiais para idosos, estudantes, crianças e portadores de necessidades especiais.

Quer receber conteúdo gratuito do Trechos e Milhas sobre viagens e milhas aéreas? Acesse nosso canal Telegram!

Veja também: 15 dicas sobre o que fazer antes de viajar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui