Filmes gravados em pontos turísticos do Brasil são opções de lazer para enfrentar a quarentena

Cinema em Casa: filmes gravados em pontos turísticos do Brasil são opções de lazer

Filmes que mostram o turismo do Brasil são boas opções de lazer para este momento em que ficar em casa é uma necessidade imposta pela pandemia de coronavírus. Pensando nisso, a Agência de Notícias do Turismo preparou uma lista de obras, nacionais e estrangeiras, que mostraram no cinema as belezas do nosso país, como o Rio de Janeiro, São Paulo, Jalapão, Foz do Iguaçu e o Parque Nacional do Xingu.

As sugestões passam por histórias de luta, da vida de dupla sertaneja, das aventuras de Deus brasileiro e vão até películas do famoso espião James Bond, do aventureiro Indiana Jones, animações de Hollywood e sucessos da Marvel.

Os filmes podem ser assistidos em vários serviços de streaming e em canais a cabo (muitos estão liberados para acesso). Confira abaixo a seleção de filmes. Sem spoiler, mas tem até cidade que ficou conhecida como “Roliúde Nordestina”.

Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro, cidade brasileira mais visitada por turistas, já foi cenário para a produção de muitos filmes. Além de películas nacionais como Cidade de Deus, Corcovado e Central do Brasil, o Rio de Janeiro teve bastante protagonismo em obras estrangeiras.

As lindas paisagens da cidade, com destaque para o Bondinho do Pão de Açúcar, tiveram destaque em “007 Contra o Foguete da Morte” (1979). Na “Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 1” (2011), a Lapa e a Marina da Glória tiveram grande espaço. A capital fluminense foi também homenageada pela animação “Rio”, que reproduz várias pontos turísticos da cidade.

Veja também: Revistas Grátis e Livros – Como ler de graça todas as últimas edições das revistas Super Interessante, 4 rodas, Você S.A, Cláudia ou Saúde

São Paulo

São Paulo também foi palco de várias obras cinematográficas. “Ensaio Sobre a Cegueira” (2008), por exemplo, mostra cartões-postais da capital paulista, como as escadarias do Theatro Municipal, o Viaduto do Chá, a Avenida Paulista e o Minhocão. “De Onde Eu Te Vejo” também traz uma série de pontos famosos da capital paulistana, assim como “O Casamento de Romeu e Julieta” (2005), que exibe pontos como a Praça Charles Miller e o estádio da Pacaembu.

Tocantins

Em “Deus é Brasileiro” (2003), estrelado por Antônio Fagundes, o Parque Estadual do Jalapão, no Tocantins, tem parte de suas belezas revelada. A região encanta por suas águas abundantes, chapadões e serras com clima de savana, além da paisagem de cerrado, com direito a dunas alaranjadas, rios, cachoeiras, nascentes e impressionantes formações rochosas.

Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu também já protagonizou inúmeros filmes, especialmente com as paisagens naturais, os rios e riachos livres do Parque Nacional do Iguaçu. O local abriga perto de 400 espécies de aves, 158 espécies de mamíferos, 175 espécies de peixes, mais de duas mil espécies de plantas e mais de 750 espécies de borboletas.

Esses encantos estão presentes em “Pantera Negra” (2018), que conta a história de um dos membros dos Vingadores, da Marvel. “Indiana Jones e o Reino da Caverna de Cristal” (2008) também teve cenas gravadas no local, uma das Novas 7 Maravilhas da Natureza.

Recife

Já Recife, em Pernambuco, tem suas belezas retratadas em filmes como “Lisbela e o Prisioneiro”, que mostra, por exemplo, a Igreja de Santa Cruz, construída entre 1725 e 1732. O filme teve tanto sucesso que Recife ficou conhecida como a “Roliúde Nordestina”. A capital pernambucana também apareceu em “Gonzaga: de Pai pra Filho” (2012), que mostra um show musical no Marco Zero, um dos locais históricos da cidade

Lençóis Maranhenses

Se a vontade é ver algum filme com os incríveis Lençóis Maranhenses, “Vingadores Guerra Infinita” (2018), sucesso da Marvel, é uma ótima escolha, assim como o nacional “Casa de Areia” (2005).

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é considerado um dos destinos mais bonitos do País, combinando quilômetros e quilômetros de dunas brancas pontilhadas por lagoas de água doce, ora azuis, ora verdes, e apresenta inúmeros atrativos naturais.

Amazônia

Agora, se o objetivo é ver o Rio Amazonas e as peculiaridades da Floresta Amazônica, a lista tríplice “Anaconda” (1997), “Tainá – Uma Aventura na Amazônia” (2001) e “Amazônia” (2014) é um prato cheio.

Pirienópolis

“No dia em que eu saí de casa / Minha mãe me disse: Filho, vem cá …”. O refrão da música de Zezé Di Camargo & Luciano é a trilha sonora do filme “Dois filhos de Francisco”, que conta a história da dupla sertaneja. A maior parte das cenas foi gravada em Pirenópolis, cidade turística tombada como patrimônio nacional. Cercado de morros, cachoeiras e outras belezas naturais, o município é considerado um retrato vivo da história do povo goiano.

Fonte: http://www.turismo.gov.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui