Air China cogita expansão no Brasil

 

Guilherme Barros, exevutivo de Vendas, Shuai Shi, gerente Geral, e Aicheng Liu, gerente de Vendas da Air China
Guilherme Barros, executivo de Vendas, Shuai Shi, gerente Geral, e Aicheng Liu, gerente de Vendas da Air China

 

 

Uma das maiores companhias do mundo, com 8,9 mil voos por semana para 148 cidades no mundo todo. Esta é a Air China, que embora tenha uma presença ainda pequena no Brasil, reconhece a grande demanda entre China e Brasil e não descarta uma expansão.

 

De acordo com o gerente de Vendas da aérea no Brasil, Aicheng Liu, a empresa sempre pensa em novos voos e que há cada vez mais chineses interessados no Brasil.

 

“Há uma grande demanda e a ideia é aumentar, mas ainda não sabemos quando isso irá acontecer”

 

No entanto, o executivo não deu uma previsão de ampliação de oferta no curto prazo. Atualmente a Air China conta com dois voos semanais saindo de Guarulhos rumo a Pequim com uma parada em Madri. E, de acordo com Guilherme Barros, executivo de Vendas da companhia em São Paulo, o trecho até Madri tem atraído muitos brasileiros, uma vez que a aérea conta com conexões para vários outros destinos.

 

Barros falou ainda sobre o desempenho dos voos do Brasil. “Estamos com uma ocupação excelente. Desde 2016 voamos para o Brasil com o Boeing 787 Dreamliner e sabemos do potencial desta rota”, disse. “Há uma grande demanda e a ideia é aumentar, mas ainda não sabemos quando isso irá acontecer, porque a companhia também tem crescido muito no doméstico e aumentar a oferta aqui depende da disponibilidade de aeronaves”, completa.

 

Nesta sexta-feira (30) a empresa reuniu alguns dos seus principais clientes para uma confraternização para agradecer a parceria. Os convidados puderam desfrutar de um almoço no Restaurante Dinho’s e de apresentações culturais da China.

Fonte: mercadoeeventos.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui