Além de Veneza e Amsterdã: Conheça outros canais imperdíveis pelo mundo

Usados pela humanidade pelo menos desde 4.000 A.C e originalmente voltados ao transporte e à distribuição de água, hoje os canais oferecem aos viajantes muito mais do que apenas praticidade.

Além de contribuírem para a beleza de uma cidade, esses caminhos de água oferecem aos visitantes uma perspectiva única da terra firme e da história local.

Pensando nisso, a Booking.com – líder em e-commerce de viagens que conecta os viajantes com a maior seleção de lugares incríveis para ficar, além de uma variedade de experiências imperdíveis e opções fáceis de transporte – pesquisou a geografia e o território de mais de 227 países para sugerir destinos para você mergulhar de cabeça!

Quer receber conteúdo gratuito do Trechos e Milhas sobre viagens e milhas aéreas? Acesse nosso canal Telegram!

 

Alleppey, Kerala, Índia

Conheça um lado diferente da Índia ao viajar para o Estado de Kerala, no sul do país. A região é famosa por seus remansos – distribuídos por mais de 1.500 quilômetros de canais, lagunas, lagos e rios, tradicionalmente usados para transporte e pesca. É o destino perfeito para entrar em contato com a cultura local. Para chegar lá, suba a bordo de um cruzeiro turístico ou fique em sua própria acomodação em um barco. Assim, você já tem um lugar para dormir e poderá curtir com calma as margens tropicais banhadas pelas águas verde-jade. Ou, se preferir, explore os cursos de água ainda mais de perto fazendo passeios de caiaque e canoa. A principal porta de entrada para lá é Alleppey, localizada a duas horas de carro do aeroporto de Kochi.

Onde se hospedar: Que tal começar sua viagem em uma casa na água? Nossa sugestão é o encantador Marvel Cruise. Viva como um local se hospedando em uma “kettuvallam” – uma tradicional casa em um barco – e navegue ao longo do Lago Vembanad para descobrir os remansos de Alleppey. Você também poderá saborear a autêntica culinária Kerala a bordo e aproveitar paisagens exuberantes do deck.

Fenghuang, China

Fenghuang, “cidade anciã” cujo nome é uma homenagem à fênix chinesa, está cercada pela beleza natural da água e da vegetação verde-esmeralda. A vida nessa antiga cidade flui com o rio Tuo Jiang. E é navegando por ele, em um barco tradicional, que você poderá admirar da melhor forma esse destino histórico e seu cotidiano – como moradores lavando suas roupas no leito do rio ou pescadores saindo para mais um dia de trabalho. Maravilhe-se com tudo: desde as casas empoleiradas nas margens, conhecidas como “Diaojiaolou”, às majestosas montanhas de Tianmen.

Onde se hospedar: O Fenghuang Joy Riverview Hostel fará você se sentir em casa e é uma ótima opção para viajantes que precisam economizar. A propriedade tem a melhor avaliação de custo/benefício em Fenghuang. Aproveite o lounge compartilhado deste hostel para conversar com outros viajantes e, da janela do seu quarto, admire as águas calmas do Tuo Jiang.

Corinto, Grécia

Uma obra de engenharia impressionante, o Canal de Corinto separa o território continental da Grécia do da península de Peloponeso, ligando as águas do Golfo de Corinto às do Golfo Sarônico, no Mar Egeu. Também conhecido por ser um dos canais mais estreitos do mundo, ele foi projetado para encurtar o tempo de viagem das embarcações. O Canal de Corinto leva o mesmo nome de uma cidade nas redondezas. Apesar de ter sido construído no final do século 19, sendo, portanto, uma obra moderna, sua primeira idealização ocorreu no século 7 A.C, quando o ditador Periandro e, mais tarde, Júlio César, buscavam soluções para encurtar as viagens de barco na região. É difícil não se maravilhar com as íngremes paredes de calcário do canal, que você pode observar tanto a bordo de um cruzeiro turístico do Porto de Pireus ou saltando de um bungee jump da ponte que cruza o canal.

Onde se hospedar: Quem se interessar em visitar o canal pode se hospedar no Studio Poseidonia (Canal of Corinth), um conjunto de apartamentos em frente à praia e próximo ao curso d’água. A propriedade oferece um terraço ensolarado e todas as comodidades necessárias para fazer um hóspede se sentir em casa. A acomodação tem uma localização perfeita não só para visitar o incrível Canal de Corinto, como também a cidade de mesmo nome, a apenas alguns minutos de carro. Os viajantes também podem curtir outra atração aquática na região, a fonte de Pirene, que, segundo a mitologia grega, foi criada pelo cavalo alado Pégaso.

Bruges, Bélgica

Bruges, também chamada de “Veneza do Norte”, abriga diversos canais e pontes, além do rio Reie. É o destino perfeito para aqueles que amam estar cercados por charmosos cursos d’água. Seus canais já foram chamados de “artérias da cidade” e são ideais para explorar a região. Basta um passeio de barco para se deparar com belas pontes e descobrir lindas paisagens pelo caminho. Em terra firme, Bruges também encanta os visitantes com a Torre do Campanário e a Igreja de Nossa Senhora. E, para quem busca uma vida mais doce, nada melhor do que provar os deliciosos chocolates artesanais do país, feitos em lojas como a Dumon Chocolatier e a The Chocolate Line.

Onde se hospedar: Localizada no coração da cidade medieval, o B&B La Suite proporciona uma elegante estadia a poucos passos da histórica Praça do Mercado. Esse luxuoso Cama e Café oferece um ótimo café da manhã e possui um restaurante próprio, o Sans Cravate, que já foi premiado com uma estrela Michelin. Quer notícia melhor para os amantes da gastronomia? Os hóspedes aprovam a localização dessa acomodação, dizendo que ela é o ponto de partida perfeito para explorar Bruges e seus charmosos cursos d’água.

Leiden, Países Baixos

Os canais de Leiden foram construídos no início do século XVII para proteger a cidade, tornando-se uma das maiores obras de engenharia voltadas à defesa na Europa. Os visitantes podem garantir uma visão privilegiada dos barcos no Zijlpoort, o portal da cidade, ou conhecer a fundo esse belo destino explorando a Leiden Citadel, uma antiga fortaleza famosa por sua vista panorâmica do centro velho. E, caso você curta a tranquilidade da natureza, o Hortus Botanicus Leiden, além de espetacular, é o mais antigo jardim botânico dos Países Baixos.

Onde se hospedar: Do Kagg Resort, os hóspedes podem não só curtir uma vista de tirar o fôlego do porto como, com a ajuda da acomodação, alugar um barco para se aventurar no oceano. E, com uma cozinha toda equipada à disposição dos hóspedes, a propriedade também permite que você mergulhe na cultura da cidade pelo paladar.

Hoi An, Vietnã

Localizada na costa central do Vietnã, a antiga cidade de Hoi An é considerada um Patrimônio Mundial pela UNESCO. Estreitas e movimentadas, as ruas da cidade e seus canais apresentam uma arquitetura peculiar e são iluminadas por lanternas. Percorra as ruas antigas do centro, de preferência a pé ou de bicicleta, já que em alguns horários a circulação de carros é restrita. Você também pode conhecer a região tomando um cruzeiro no canal ou desafiando seus sentidos – visão, olfato e paladar – na doca do Mercado Central, que oferece comida e artesanato aos visitantes. Atravessando o canal, está a Ponte Japonesa Coberta, toda decorada em madeira, que funciona como uma passarela de pedestres. Ao anoitecer, as águas da cidade brilham ao refletir suas famosas lanternas. É o espetáculo perfeito para curtir um passeio de barco ou a pé.

Onde se hospedar: The Corner Riverside Villa é uma hospedagem domiciliar que recebe hóspedes em busca de uma experiência imersiva neste belo cenário de águas. Partindo de lá, os hóspedes podem aproveitar um dia de pesca ou curtir a atmosfera da velha cidade. Na volta, a tranquilidade do jardim da acomodação, assim como as varandas para paisagens espetaculares das margens do rio, estarão sempre esperando por eles.

 

Veja também: 15 dicas sobre o que fazer antes de viajar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui