Como a tecnologia pode melhorar a qualidade das viagens corporativas

Os avanços da tecnologia facilitam muito o dia a dia das pessoas, tornando os processos mais rápidos e permitindo maior agilidade nas atividades do cotidiano – o que resulta em mais tempo livre para focar no que realmente importa.

A internet agora é acessível em inúmeros locais, desde aeroportos e cafeterias tradicionais até pequenos restaurantes e praças públicas. Vários aplicativos de celular oferecem serviços cada vez mais personalizados e os pagamentos online trouxeram muitas facilidades.

Se estas tecnologias melhoram o cotidiano de pessoas comuns, imagine o que acontece quando elas são aplicadas para otimizar as viagens corporativas? Pensando no potencial deste mercado, diversos players da indústria e várias startups têm desenvolvido soluções simples e fáceis, com objetivo de tornar as viagens corporativas mais eficientes.

A tecnologia pode colaborar, por exemplo, para atender a uma das principais prioridades dos viajantes corporativos: a localização, segundo a pesquisa da Amadeus ‘Bem-estar do viajante corporativo: Como manter os funcionários saudáveis, felizes e produtivos em viagens a trabalho. Por meio de uma tecnologia de geomarcação, é possível receber informações detalhadas e precisas sobre lugares na cidade de destino, agilizando a escolha e reduzindo riscos de estresse.

Como exemplo, o serviço da startup Avuxi, que recebeu investimento da Amadeus, analisa e classifica dados geolocalizados, como comentários, avaliações e fotos retirados de mais de 60 fontes online, incluindo redes sociais, como Instagram, Twitter e o próprio Google. A partir das informações coletadas, esta tecnologia mostra quais são as áreas mais populares e interessantes naquela cidade por meio de um mapa de calor, facilitando a busca dos lugares que valem a pena visitar. Outra novidade é o levantamento de informações sobre segurança, serviço da startup GeoSure – que faz parte do programa Amadeus Explore. Esta tecnologia utiliza dados coletados para rankear os locais em sete categorias de segurança, entre elas, danos físicos, liberdades políticas e segurança para mulheres.

Além do cuidado com a localização, outro ponto que requer atenção por causar estresse aos viajantes é a necessidade de comprovar a identidade várias vezes durante o trajeto. Diversos players de tecnologia estão desenvolvendo ou aperfeiçoando serviços para criar uma identificação digital certificada – que torna possível uma interoperabilidade de ponta a ponta, permitindo a identificação de forma automática ou simplificada. Por exempo, a plataforma para processar solicitações de Visto de arquivo eletrônico. Tecnologia também desenvolvida no programa Amadeus Explore, uma iniciativa global da Amadeus para ajudar as startups de tecnologia a crescerem mais rapidamente na indústria de viagens.

Existem inúmeras outras soluções que têm como objetivo de otimizar as viagens e garantir o bem-estar do viajante, especialmente quando aplicadas em um contexto atual de instabilidade social e econômica, como alguns episódios ocorridos em 2019 em alguns países da América Latina, a tecnologia torna-se uma grande aliada para a melhora da qualidade das viagens corporativas.

Quer mais informações sobre o uso de tecnologia neste tipo de viagem? Acesse a pesquisa Bem-estar do viajante corporativo: Como manter os funcionários saudáveis, felizes e produtivos em viagens a trabalho’.

Veja também: vai viajar com bagagem de mão e não sabe o que é permitido levar? Então confira!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui