Grupo Lufthansa exigirá auxílio estatal para sobreviver

Grupo Lufthansa exigirá auxílio estatal para sobreviver

O Grupo Lufthansa publicou ontem seus resultados preliminares do primeiro trimestre, mostrando uma perda de cerca de 1,2 bilhão de euros, e emitiu um alerta severo sobre sua solvência nas próximas semanas.

O grupo disse que, apesar da liquidez disponível em torno de € 4,4 bilhões, “em vista das perspectivas dos negócios, passivos multibilionários existentes relacionados a contas a pagar e reembolsos de bilhetes cancelados, bem como pagamentos futuros de passivos financeiros, o Grupo espera um declínio significativo na liquidez nas semanas que vem”.

“O Grupo não espera poder cobrir os requisitos de capital resultantes com novos empréstimos no mercado”, acrescentou. “O Grupo está, portanto, em intensas negociações com os governos de seus países de origem em relação a vários instrumentos de financiamento para garantir de forma sustentável a solvência do Grupo em um futuro próximo.”

Quer receber conteúdo gratuito do Trechos e Milhas sobre viagens e milhas aéreas? Acesse nosso canal Telegram!

O Grupo Lufthansa compreende as transportadoras associadas Austrian Airlines, Brussels Airlines, Lufthansa e Swiss, bem como subsidiárias, incluindo Eurowings e Edelweiss Air.

O grupo disse que somente em março a receita caiu quase € 1,4 bilhão ou 47%, acrescentando que “as reduções de custo podem compensar apenas parcialmente a queda na receita no trimestre”.

“Atualmente, não é possível prever quando as companhias aéreas do Grupo poderão retomar as operações de voo além do atual cronograma de repatriação.

“O Grupo espera, portanto, uma perda operacional consideravelmente maior no segundo trimestre em comparação com o primeiro trimestre”.

Fonte: businesstraveller.com

Veja também: Revistas Grátis e Livros – Como ler de graça todas as últimas edições das revistas Super Interessante, 4 rodas, Você S.A, Cláudia ou Saúde

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui