1. Para comprar seu voo, utilize ferramentas de busca.

Nem lembro a última vez que entrei em um site de companhia aérea vi o preço e comprei feliz. Sempre, mas sempre busque no google flights ou no Kayak antes, estes são os que confiamos e usamos.

travel-search

2. Para Hospedagem use AirBnb ou o Booking

Eu e Jack amamos o AirBnb, a sensação de estar em casa e impagável e permite uma ambientação maior com a cidade tendo em vista que são casas de verdade e permite que você se sinta um local.

A Booking e nosso lugar de confiança para reservar hotéis. Uma vez chegamos em Balneário Camboriú e na recepção informaram que não havia quarto disponível, liguei pro Booking e em um minuto o recepcionista atendeu uma ligação e arrumou um quarto pra gente.

3. O Google Maps é seu melhor amigo

Todas as viagens que fazemos utilizamos o Google Maps para nos localizar, seja para ir de um ponto ao outro seja para ver se o taxista ou Uber não está nos enganando. Sabe a melhor parte? Você pode usar off-line mesmo sem WIFI. Offline mesmo.

4. Verifique com sua operadora de celular os custos para utilizar seu chip fora do Brasil

A maioria das operadoras tem planos para internet fora do país. Vale comprar chip da operadora local? Somente nos casos que fica muito caro usar o chip do Brasil ou ainda o chip do país e barato. Compramos chip em Dubai por algo em torno de 120 reais e usamos todo o período.

mapa-internet-celular

6. Ande de Uber sempre que possível

Andar de Uber sempre e bom e na maioria dos lugares sai bem barato, andamos de UBER em Los Angeles, Las Vegas e Londres e a experiência foi ótima. Optamos pelo Uber pelo controle que temos do roteiro, valores que nos taxis mundo afora não temos. Além disso se algo der errado, toda a informação estará registrada dentro do aplicativo que é uma segurança adicional.

7. Busque um cartão de credito que te dê a maior quantidade de milhas possível por dólar

Está aí um grande segredo, a maioria das pessoas não sabe nem que tem milhas, ou ainda o que são milhas, farei um post especifico sobre isso no futuro, mas em resumo a cada fatura paga o valor e convertido para milhas, que são pontos que podem ser trocados por passagens aéreas, diárias de hotel e produtos diversos (eletrodomésticos, celulares, perfumes…) sem nenhum pagamento adicional. Porem cada categoria de cartão te dá uma certa quantidade de pontos pelo equivalente em dólar dos reais que você utilizar. Atualmente eu e Jaqueline utilizamos o Cartão Elo Nanquim que da 2,2 pontos (milhas) pelo equivalente a um dólar gasto.

8. Saque moeda local nos caixas eletrônico.

Na grande maioria das vezes sai mais barato sacar dinheiro nos caixas eletrônico que pagar a casa de câmbio, apenas verifique na tela as tarifas que o banco local ira te cobrar e se informe com seu banco quanto será a tarifa aqui no Brasil para essa transação. Eu, entretanto, sempre levo alguma pequena quantia daqui do Brasil, o problema e quando visitamos diversos países em uma só viagem, aí compro dólares e ou Euros em meu Banco e levo de garantia.

9. Encontre pontos de Wifi grátis nas lanchonetes e nos lugares que estiver

Todos os parques Disney e Universal oferecem Wifi Grátis, os Mcdonalds e Starbucks pelo caminho, também. Essa e uma excelente forma de economizar a franquia de dados de seu celular. Está no hotel, use seu Wifi.

10. Sempre tenha em mãos um Power Bank (carregador portátil)

Sim, já perdemos fotos porque não tinha mais bateria no celular (nos estúdios do Harry Potter perto de Londres, onde o filme foi gravado), sim a gente também já ficou perdido na rua pelo mesmo motivo. Fato é que quase nunca levamos a máquina de fotos profissional para as viagens (pesa, é grande…) então todas as fotos são tiradas com meu celular e o da minha rainha, final do dia a bateria está mais cansada que trabalhador assalariado, então, sempre, mas sempre leve um carregador portátil (ou dois) para não perder recordações.

11. Faça a “farmacinha” de viagem

Consulte seu médico antes de viajar e somente depois siga a dica abaixo

Tudo que você não quer e efetivamente passar mal em uma viagem, mas sinto te dizer, já aconteceu com a gente, e procurar remédio em um país estrangeiro pode ser fácil, ou não, assim, nos sempre levamos um kit emergência na bagagem com os principais remédios que nos ou as crianças podem precisar. Em resumo, nós vamos ao pediatra das crianças e compramos um básico recomendado como remédio para dor de ouvido, remédio para o estomago (Eu não resisto muito tempo de fast food como comida principal) entre outros.

12. Use porta dólar

Não, eu não quero que você saia por aí de pochete, mas, eu sempre levo um porta dólar para mim e outro pra Jack, lá levamos um cartão de credito reserva, dinheiro, e o cartão da porta do hotel, em alguns países menos seguros ou em hotéis nos quais eu não sinta confiança eu levo nossos passaportes também. E só esconder dentro da calca que sua segurança vai ao nível máximo. Apenas lembrando que a quantidade de pick pocket (batedores de carteira em uma tradução livre) em lugares como Paris ou Roma e absurda e o porta dólar vai te salvar nessa hora.

13. Seja simpático com as pessoas

Pode parecer ridículo mas você e tratado como você tratas as pessoas, nos brasileiros, somos amados na maioria dos lugares no mundo, assim, dificilmente teremos problemas, porem li outro dia desse que as aeromoças e comissários dão bastante valor aos clientes que simplesmente desejam um bom dia e sorriem ao entrar no avião, vai que pinta um upgrade de última hora e você foi o cara que não respondeu o bom dia, qual a chance de ser você o escolhido?

14. Nem sempre o barato e bom

Já nos hospedamos em hotéis 5 estrelas em Amsterdam, mas já ficamos em um cubículo que mais parecia uma cela em um pernoite aguardando voo no Aeroporto de Guarulhos,

Minha dica e pesquise, as vezes por 50 reais a mais você fica melhor hospedado, e acredite, uma cama confortável faz muita diferença no seu dia seguinte de viagem.

15.Contrate um Seguro de viagem

Pesquise se o seu cartão te dá o Seguro viagem, caso contrário, nem pense duas vezes. Um braço quebrado nos Estados Unidos pode te custar 5 mil dólares por uma consulta medica e o serviço do gesso. Isso aí, quase 20 mil reais na cotação de hoje. Tomara que tudo dê certo em sua viagem, mas se um imprevisto acontecer o que você vai fazer?

16. Você está viajando para se divertir

Isso tem que ser a regra número 1 da viagem, você não está viajando para se estressar e isso tem que está claro.

Está ficando cansado? Acorde mais cedo e respeite seu corpo. Faça a programação a seu tempo, tenha um dia mais calmo.

Está brabo com a comida? Experimenta outro tipo ou vá para um fast food.

Se a viagem não está te divertindo, algo está errado. Relaxe!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui