O que fazer no Carnaval de Salvador

Não tem como falar de Carnaval sem pensar em Salvador. A capital baiana é um dos principais destinos do País no feriado e, só no ano passado, reuniu aproximadamente 2 milhões de pessoas por dia. Para quem é fã da festa e já está de malas prontas para fazer parte dos foliões da cidade, o Peixe Urbano separou algumas dicas de passeios imperdíveis por lá.

Quer receber conteúdo gratuito do Trechos e Milhas sobre viagens e milhas aéreas? Acesse nosso canal Telegram!

Pipoca
O Carnaval gratuito e livre para o público é uma experiência única. O legal é justamente ver todo mundo pulando e se divertindo juntos: locais e turistas. Alguns dizem que a Pipoca é a verdadeira essência do Carnaval de Salvador. Para este ano estão confirmadas atrações como Ivete Sangalo, Alok, Bell Marques e Igor Kannário.

Saída do Ilê Ayê
O tradicional bloco tem como objetivo exaltar a ancestralidade e a cultura afro brasileira. Acontece na Ladeira do Curuzu, em uma cerimônia realizada na sacada do Ilê Axé Jitolú, sob as bênçãos dos orixás. O desfile é finalizado em duas partes: a primeira na região do Plano Inclinado, bairro da Liberdade; e a segunda no Campo Grande, na madrugada de sábado para o domingo.

Carnaval no Pelourinho
Também conhecido como Carnaval no Pelô ou Circuito Batatinha, não faz parte dos circuitos mais badalados da cidade, mas atrai um público apaixonado pela folia baiana tradicional. Não conta com trios elétricos, é badalado ao som de fanfarras, blocos e marchinhas, e pode ser frequentado por famílias com crianças.

Circuitos de blocos e trios elétricos
Existem vários circuitos pela cidade, mas dois são os mais famosos, aparecem na televisão e contam com celebridades como principais atrações: o Osmar (Campo Grande) é o maior circuito, e pode durar até oito horas; já o Dodô (Barra-Ondina) acontece no beira-mar, é gratuito e bem mais curto;

Camarote
Para quem prefere um ambiente mais confortável, o camarote é ideal. Conta com banheiros, e alguns são all inclusive e com buffet. Para os mais exigentes, há camarotes até com salão de beleza, maquiagem, customização de abadá e massagem. Toda essa estrutura tem um preço – alto – mas vale a pena. Sem falar nos shows privados e vista e acesso para os principais circuitos e trios.

Veja também: passo a passo de como tirar o seu passaporte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui