As obras no Santos Dumont na pista principal, no Rio de Janeiro, terão início no próximo sábado (24).

Uma camada porosa de asfalto, que facilita o escoamento da água e aumenta o atrito, será aplicada para tornar a pista mais segura. O início dos trabalhos estava previsto para 12 de agosto, mas acabou sendo alterado para que a Infraero pudesse realizar adequações na pista auxiliar, uma exigência da Anac.

Somente assim, Embraer E-190, Airbus A318 e Boeing 737-700 poderiam atuar na pista auxiliar do SDU, modelos que respeitam peso e tamanho estipulado pela Agência. Ao lado de Congonhas, o Santos Dumont tem uma das pistas mais curtas e mais movimentadas do Brasil, sempre um desafio até para pilotos experientes. As obras de melhoria na pista, portanto, são vitais para trazer ainda mais segurança a apenas 1.323 metros de comprimento.

Obras no Santos Dumont afetarão 770 mil passageiros
Obras no Santos Dumont afetarão 770 mil passageiros
 

As obras no Santos Dumont de certa forma acabarão impactando os mais de 25 mil passageiros que passam pelo Santos Dumont todos os dias, já que boa parte terá que se deslocar ao Aeroporto Internacional Tom Jobim para embarcar em voos de Gol e Latam. Ambas já decidiram que não vão operar seus voos na pista auxiliar do SDU durante as obras, o que deixará a Azul sozinha na Ponte Aérea durante quase um mês de paralisação da pista principal.

A própria Azul também não vai operar 100% de seus voos programados para o SDU e irá transferir alguns para o GIG. Embora parte de sua operação seja transferida para o RIOgaleão, na primeira semana de interdição (de 24 a 31 de agosto), voos para Campos, São José dos Campos e Ribeirão Preto ficam onde estão. A partir de 1º de setembro, são os voos para Vitória que entram nessa lista.

Quer receber as promoções do Trechos e Milhas no seu Whatsapp? Clique aqui e se cadastre! É grátis!

Mudanças no embarque e desembarque do RIOgaleão

Por ter que receber 770 mil passageiros adicionais em apenas um mês, um aumento de 73% no movimento, a concessionária RIOgaleão já realizou mudanças no fluxo da região para quem chega de carro e ônibus.

As mudanças são válidas também a partir de sábado. Carros particulares, de aplicativo ou táxis podem parar no Terminal 2 para deixar passageiros. Já ônibus, micro-ônibus de turismo e vans devem ir apenas ao Terminal 1.

Já no desembarque, carros particulares não serão permitidos nas saídas, sendo obrigados a pararem no estacionamento de um dos terminais – ambos pagos. Veículos de aplicativo deverão parar no estacionamento do terminal 2 e somente táxis cadastrados poderão buscar passageiros nas saídas.

A Infraero afirma que todas as mudanças foram planejadas e todas as companhias aéreas têm conhecimento das alterações.

Gol e Latam afirmam que vão oferecer transporte terrestre entre os dois aeroportos e, caso o cliente deseje, pode pedir o reembolso.

A Gol destacou ainda que as passagens com partida e destino no Santos Dumont já estão suspensas.

A Azul disponibiliza a opção de remarcação do voo para outro dia ou reembolso integral.

Veja também que a Azul terá dois voos diários para Salvador através desse link.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui