Companhia voará para cinco destinos no Brasil a partir de Lisboa e Porto

A TAP ampliará consideravelmente sua operação a partir de agosto. A companhia contará com 66 rotas e cerca de 500 voos semanais. Este número inclui 18 voos semanais para o Brasil em seis rotas, conectando Lisboa a Guarulhos, Rio de Janeiro, Recife, Fortaleza e Confins, além de um rota entre Porto e Rio de Janeiro.

A malha de agosto ainda contará com 20 voos semanais para seis destinos na América do Norte, 44 voos para nove destinos na África e outros 329 voos para a Europa, ligando Portugal a 30 cidades no velho continente. A companhia ainda terá 126 voos domésticos.

Além da conexão com o RIOgaleão, a TAP também retoma voos de Porto para Ponta Delgada, Newark, Londres, Milão e  Zurique, que se juntam às ligações a Paris, Luxemburgo e a Funchal reiniciadas este mês.

Setembro

Já em setembro, a companhia chegará a 700 voos por semana em 76 rotas. Serão 30 voos em oito rotas na América do Norte, 59 voos para 13 cidades em África e no Médio Oriente, 498 voos para 35 cidades europeias e 159 voos entre seis cidades de Portugal. Porto-Amsterdã, por exemplo, será retornada em setembro.

No Brasil, serão 22 frequências semanais. Além das seis rotas já englobadas pela malha de agosto, a TAP retomará Lisboa-Salvador e Lísboa-Brasília, está já a partir do fim de agosto. Com exceção de Guarulhos, com sete, e Rio de Janeiro, com cinco, os demais destinos brasileiros contarão com duas frequências semanais.

A companhia destaca que a lista de rotas e voos pode ser ajustada “sempre que as circunstâncias o exijam, face à dinâmica da evolução das imposições e restrições dos vários países, em virtude da evolução da pandemia, bem como da evolução da procura”.

A TAP informa ainda que os clientes poderão realizar alterações gratuitamente somente até 31 de agosto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui