Vai viajar? ESET dá dicas de segurança cibernética para proteger sua privacidade

Um dos tipos de usuários de tecnologia que estão mais expostos a vulnerabilidades e campanhas maliciosas são os viajantes. A mudança constante de um lugar para outro sem um lugar privado para se conectar e realizar operações digitais com segurança pode ser um problema real na hora de garantir a integridade e a confidencialidade dos dados e contas on-line.

Quer receber conteúdo gratuito do Trechos e Milhas sobre viagens e milhas aéreas? Acesse nosso canal Telegram!

Por essa razão, à ESET , empresa líder em detecção proativa de ameaças, reuniu algumas dicas para o período de férias:

 

#1 Restrinja o acesso físico ao dispositivo

Como não sabemos ao certo quem estará perto dos nossos dispositivos, lembre-se de definir, na medida do possível, um padrão de PIN, senha ou desbloqueio em todos os dispositivos eletrônicos que você irá levar durante uma viagem. Lembre-se que o padrão pode ser adivinhado e que uma senha segura será sempre a melhor opção. Conte com uma solução de segurança que permita administrar remotamente os dispositivos para o caso de roubo ou perda. Essa medida pode permitir que você localize o dispositivo, ative um alarme, bloqueie ou apague os dados.

Caso tenha que levar pequenos dispositivos portáteis ou unidades de armazenamento, o ideal é usar cofres de proteção com chaves para mantê-los bem seguros. Lembre-se também de usar os lockers que normalmente são oferecidos em albergues, hotéis e hostels, mas tente protegê-los com um bom cadeado. Esta dica também é recomendada para malas nas quais você irá transportar esses itens valiosos.

Tome cuidado também com os plugues USB para carregar seu telefone celular que podem normalmente ser encontrados em aeroportos, já que podem ter sido alterados para executar malware em seu computador. Use protetores USB sempre que possível.

Além disso, durante o deslocamento de um alojamento para outro, tente manter todos os dispositivos eletrônicos valiosos com você.

#2 Garanta a transferência de dados

Uma das maiores desvantagens de viajar é não poder dispor de um meio seguro para acessar aos nossos dados online. A menos que tenhamos um plano de roaming e um orçamento ilimitado para consumir dados, a maioria dos viajantes tem de recorrer a redes abertas em locais públicos, restaurantes, cafés ou locais de alojamento que, embora melhores do que uma rede totalmente aberta, continuam sendo inseguras. Como não sabemos quem mais está conectado a rede ou quão bem configurada pode estar, existem vários ataques diferentes que podem ser cometidos contra nossos dispositivo para interceptar o nosso tráfego.

#3 Reforce a autenticação para as suas contas online

Problemas podem ocorrer e podem acabar comprometendo seu nome de usuário e senha. Para evitar que um cibercriminoso entre na sua conta, não se esqueça de ativar o segundo fator de autenticação (2FA), sempre que esta opção estiver disponível. Como você pode perder seu telefone celular ou laptop, ou alguém pode roubá-lo, tente carregar códigos de autenticação que possam ser usados sem a necessidade de um celular.

Verifique periodicamente a atividade de suas contas bancárias e redes sociais para garantir que não haja qualquer tipo de comportamento incomum, fique de olho nos alertas de segurança e altere seus dados de acesso caso suspeite que os mesmos tenham sido comprometidos.

#4 Controle sua privacidade antes e durante a viagem

Muitas redes Wi-Fi públicas exigem que você forneça seus dados pessoais por meio de portais para se conectar à Internet. Eles geralmente requerem algum e-mail, mas alguns podem até mesmo pedir que você crie uma conta com seus dados pessoais no sistema. Tente não fornecer seus dados reais e tenha uma conta de e-mail especialmente para usar nessas situações. Desta forma, você não comprometerá suas contas reais e nem seus dados.

Esses serviços também normalmente incluem uma política de privacidade sobre o uso de dados que serão transferidos enquanto você estiver online. Caso tenha tempo, tente dar uma olhada na política de uso de informações.

#5 Proteja as suas compras online

As compras online são uma realidade inevitável durante as viagens. Passagens aéreas, passagens de ônibus, reservas de hospedagem ou compras de passeios são alguns dos serviços que você deve normalmente comprar enquanto estiver imerso em seu itinerário. Para estar seguro, ao fazer compras online, tente usar seu cartão de crédito e não o cartão de débito, pois, caso os dados sejam roubados, é muito mais fácil informar e reverter a situação. Além disso, se os dados do seu cartão de débito forem roubados, você corre o risco de estar no meio de uma viagem com a sua conta bancária vazia e sem fundos para continuar com os seus planos.

6. Evite ser vítima de um golpe direcionado a viajantes

Muitos viajantes apressados tendem a optar pelas tentadoras ofertas de viagem e hospedagem que chegam via e-mail ou redes sociais, mas cuidado. Pode ser uma armadilha.

Os viajantes são muitas vezes um público-alvo para este tipo de golpe, pois estão habituados a procurar as melhores ofertas. Para evitá-los, lembre-se de ter uma solução de segurança para detectar qualquer site falso ou tentativa de execução maliciosa em seu computador. Sempre tente entrar no site de uma empresa digitando a URL na barra de endereços e não através dos resultados de buscadores como o Google, já que os primeiros resultados nem sempre são genuínos.

Verifique se o link que você está visitando pertence à empresa oficial. Além disso, entre em contato com a empresa que realiza a suposta promoção através de outros canais de comunicação (presenciamente, por telefone ou por meio de perfis de redes sociais verificados) para comprovar que a mensagem é realmente verdadeira.

ESET possui o portal #quenãoaconteca, com informações úteis para evitar que situações cotidianas afetem a privacidade online.

Para saber mais sobre segurança da informação, entre no portal de notícias da ESET: http://www.welivesecurity.com/br/2019/08/19/vai-viajar-confira-algumas-dicas-de-seguranca-e-evite-situacoes-complicadas/

 

Veja também: 15 dicas sobre o que fazer antes de viajar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui